Fish

sexta-feira, 15 de novembro de 2013


Calendário com feriados municipais, datas comemorativas e fases da lua

Temporada em rio das ostras

Imóveis, Aluguel por temporada - Brasil, Rio de Janeiro, Rio das Ostras. Data Novembro 24

Imóveis - Rio das Ostras

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Ponto de encontro: PRAIA DA ENSEADA DAS GAIVOTAS-RIO DAS OSTRAS

Ponto de encontro: PRAIA DA ENSEADA DAS GAIVOTAS-RIO DAS OSTRAS

PRAIA DA ENSEADA DAS GAIVOTAS-RIO DAS OSTRAS


COM EXTENSÃO DE APROXIMADAMENTE 2 KM, POSSUI ÁGUAS MORNAS PROPÍCIA PARA BANHO E CAMINHADAS DEVIDO A SUA GRANDE EXTENSÃO DE AREIA .É O RECANTO DE MAR AZUL ESCOLHIDO PELAS BALEIAS PARA AMAMENTAR SEUS FILHOTES, CHAMADO POPULARMENTE DE "BERÇO DAS BALEIAS".OFERECE AOS BANHISTAS UM ESPETÁCULO DE TERNURA E BELEZA, É CONSIDERADA UMA DAS PRAIAS MAIS TRANQUILAS DO MUNICÍPIO.SITUA-SE ENTRE A LAGOA DO IRIRY E A LAGOA SALGADA, NAS PROXIMIDADES DA PRAIA DE TAPEBUSSUS. GRANDE PARTE DE SUA ORLA FAZ PARTE DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL,COM VEGETAÇÃO TÍPICA DE RESTINGA.FICA PRÓXIMA A CÂMARA DE VEREADORES.

domingo, 11 de novembro de 2012

Vou contar uma Vitória: Tem água na minha casa. Aprofundei o poço que não minava água suficiente .Hoje meu poço tem 12 metros e a água apesar de barrenta, é suficiente para encher a cisterna . Fiz um filtro e a água depois de passar pelo filtro vai direto para a cisterna," limpinha".Estou muito,mas muito feliz.Foi uma vitória .Na verdade foram duas vitórias ,estou trabalhando.Não estou no meu ramo, mas falta pouco.
Voltando ao assunto da água, as pessoas que tem água em suas casas não tem noção da minha satisfação em ter feito essa conquista. Água! Necessidade básica. E quem tem não dá valor. Quando vejo uma torneira aberta desperdiçando água fico irritada .Em geral as pessoas não tem conhecimento da importância desse valioso recurso para a nossa sobrevivência. Eu sei o que é faltar água.Em Rio das Ostras não tem água suficiente . No loteamento que moro  não imagino como meus  onze mil e tantos vizinhos fazem .Eu tinha que  registrar. Estou muito feliz. Na minha casa tem água, de poço, mas tem.

terça-feira, 2 de outubro de 2012


POR UMA CIDADANIA PARTICIPATIVA
Meu nome é Eunice M.D. de Oliveira,sou conhecida  como Eunice Dias  por escrever uma coluna no jornal Tribuna dos bairros.Sou pedagoga .Vim do Rio de Janeiro para Rio das Ostras a 9 anos.A 6 anos atrás eu era comerciante no Centro da Cidade e sentia um vazio em minha rotina quando resolvi assistir  uma conferência que li no jornal sobre a eleição de conselheiros  para o  Orçamento Participativo .Sai de minha casa cedo em pleno sábado (eu não devia estar com meu juízo perfeito)e fui a tal palestra.Me senti deslocada e sem jeito pois não conhecia ninguém .Me colocaram um crachá com nome e setor. O meu era H,pois eu resido no Praia Âncora.Logo tentei me juntar a outros que  tivessem o H no crachá. Tinha muita gente, mas do setor H só consegui  encontrar outros na hora de votar e escolher  os conselheiros.Eu ia embora da conferência antes da votação, mas a curiosidade de saber quem eram os eleitos do meu setor me impediram de sair.Eu precisava conhecer  as  3 pessoas que estariam me representando nessa missão importante de levar as prioridades do meu loteamento e da minha  cidade para o poder público. Qual minha surpresa ao chegar na sala de votação e me deparar com somente outras 2 pessoas. Poxa, o maior  loteamento da cidade só tinha 2 pessoas interessadas em participar? Não estranhei por que  eu também não queria esse compromisso, tinha meus afazeres e obrigações e não poderia  assumir  compromisso e gastos.Mas por insistência dos presentes eu acabei aceitando.Na primeira reunião do conselho eu tive compromisso na loja e faltei (fiquei chateada ,mas meu ganha-pão estava em 1º lugar).Na semana seguinte uma colega que fiz no conselho foi a minha loja e pediu que eu comparecesse a eleição da nova presidência e ela me comoveu ao contar que sua filha tinha sido estuprada no loteamento Recreio quando retornava da aula e nessa mesma semana um indivíduo entrou na minha loja com um revólver apontado para minha cabeça e me assaltou.Desde esse dia minha vida mudou.Resolvi que não ia ficar só observando.Fui a eleição, me envolvi diretamente no Orçamento Participativo e estou até hoje contribuindo para o crescimento da nossa cidade.Nessa mesma época iniciamos um movimento em favor da  Mulher e conquistamos a Casa da Mulher e a Delegacia Legal. De lá pra cá foram muitas conquistas e em cada reunião me sinto renovada e útil .Percorri a cidade toda através das reuniões setoriais e pude  conhecer de perto cada problema de cada localidade. Conquistas? Foram muitas. Frustrações? Inúmeras,como a do abaixo-assinado  que fizemos contra a Cedae onde recolhemos 5 mil assinaturas e levamos a Alerj .Nesse dia  o presidente da Cedae se comprometeu em resolver nosso dilema da água.E até hoje nada aconteceu. Participei representando Rio das Ostras na Conferência de Políticas Públicas para Mulheres,na Consocial(Conferência NacionalsobreTransparência e Controle Social),Programa de licenciamento da Petrobrás, levando os problemas gerados pela vinda da indústria do Petróleo na atividade pesqueira . Enfim,representei nossa cidade em outros municípios e levei nossas propostas.Estamos em um momento de mudança na nossa cidade e espero poder continuar contribuindo com o crescimento dessa “Ostras Mais Bela” .Quero agora participar  como sujeito e não como espectadora.Quero fazer acontecer .Para isso conto com seu apoio e   voto.
EUNICEDOÂNCORA- 40040